Jardineira de legumes

Jardineira de legumes

Tenho andado a revisitar as receitas tradicionais portuguesas, aqueles pratos clássicos que se comiam em casa da minha mãe. E tinha inevitavelmente que aqui vir dar: à jardineira! Digo inevitavelmente porque nunca fui fã… Comida cativa dos nossos almoços de quarta-feira, à jardineira a minha mãe chamava: Carne Estufada, e fazia-a com carne de vaca e presunto cozido. Confesso que nunca gostei, desde logo porque tinha ervilhas, (as minhas arqui-inimigas), depois porque levava batata estufada que também não achava grande graça, e ainda pelo presunto, que salgava o prato e me dava imensa sede… Mas pronto, tinha que comer, que remédio!

Hoje em dia faço jardineira apenas com legumes e uso batata-doce porque acho que combina bem melhor, dando um sabor ao prato bem distante das minhas recordações de infância. Quem quiser fazer algo mais parecido com a jardineira de carne pode usar seitan e chouriço vegetariano que acabam por dar um sabor mais fiel, mas para o dia-a-dia, gosto de a fazer apenas com legumes, parece-me suficiente e fica mesmo muito bem. Nota que eu ainda “ponho as ervilhas de lado”…

Este é um daqueles pratos a que eu chamo um 2 em 1. Pode-se fazer muita quantidade e com as sobras, transformar noutro prato. Como?

  1. Escorre-se bem o molho;
  2. Tritura-se tudo e junta-se pão ralado (também se pode usar farinha de mandioca em alternativa) para secar um pouco a massa;
  3. Moldam-se croquetes ou almôndegas ou mesmo hamburgueres e panam-se (também pode ser com farinha de mandioca);
  4. Congela-se e estão prontos a usar noutra qualquer refeição.

Vamos lá então sem mais demora à receita da jardineira de legumes. Bom apetite!

Ingredientes

  • 2-3 batatas-doce cortadas em cubinhos (350g)
  • 2 cenouras médias cortadas em quadradinhos (100g)
  • 2-3 tomates médios maduros pelados e cortados em pequenos pedaços (330g)
  • 1 cebola grande picada (100g)
  • 4 alhos esmagados e picados (20g)
  • ervilhas frescas (300g)
  • caldo de legumes qb (ensino a fazer aqui) ou água
  • vinho branco (60ml) – opcional
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher de sopa de pimentão doce
  • 1 colher de sopa de alho em pó
  • azeite qb para refogar
  • pimenta preta a gosto
  • salsa fresca picada para servir
  • sal qb

Como se faz a jardineira de legumes?

1. Num tacho aloura-se a cebola com as folhas de louro em azeite, e quando esta estiver transparente juntam-se os alhos deixando dourar mais um pouco.

2. Adiciona-se o tomate e tempera-se com o sal e as especiarias. Deixa-se cozinhar uns minutos, em lume brando, para o tomate amolecer e transformar-se em molho.

2. Colocam-se as batatas e cenouras e deixa-se cozinhar por mais uns minutos, mexendo de vez em quando. De seguida, adiciona-se um pouco de caldo de legumes e o vinho branco (caso usem) e deixa-se levantar fervura. 

3. Adicionam-se as ervilhas e envolvem-se bem, cobrindo os alimentos com mais caldo. Se for necessário nesta fase retificam-se temperos.

4. Deixa-se cozinhar em lume brando por cerca de 25-30 minutos ou até a batata estar cozida (testa-se com um garfo). Durante a cozedura, pode ser necessário ir acrescentando mais caldo/água para que o prato mantenha o molho desejado.

5. Desliga-se o lume e deixa-se repousar uns 5-10 minutos para o prato acabar de apurar os sabores. Serve-se com salsa fresca picada.

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *